Letras / letra R / Racionais MC's / Bebo Cana - Paródia da Musica Negro Drama

Bebo Cana - Paródia da Musica Negro Drama
Racionais MC's

x
Alinhamento:
Corrigir letra

Bebo cana, Sapupara, Serrana
Não tomo cerveja, sou liso, só bebo Cana
Bebo Cana, cabelo crespo e pele escura
Figueiredo, retalhado, à procura da cura
Bebo cana, tenta ver e não vê nd,
Depois de uma meiota a visão fica embaçada
Sente o drama, o preço da conta
A dor da ódio + eu peço + cana
Bebo cana, eu sei quem toma e quem ta fingindo
Os cara q mi carrega pra eu não ser + 1 bebo dormindo
A cana da mta peia e cela, túmulos, sangues, sirenes, tombos e quedas
Passa gelo na cabeça logo no outro dia
A conseqüência das pancadas q levou no dia
Periferia, vielas, cortiços, vc deve estar pensando
Adivinhou to tomando 1 litro.
Desde inicio bebo ouro e prata
Olha a cirrose irmão, veja vc q mata
Viver deitado em leito de 1 hospital
Tomando soro, Glicose já é natural
Historias, registros, 2 litros
Não é conto nem fábula, lenda ou mito
Não foi sempre dito q os bebo não tem vez,
Então, nossos botecos não foi vc quem fez cuzão
Eu sou irmão dos meus trutas de ressaca
Comia carne agora é sopa e água gelada
TIM TIM 1 brinde p/ mim, sou exemplo
De derrotas, tragédias e derrotas
O dinheiro tira 1 homem da miséria
Mas não pode arrancar, dos coros dele a seqüela
São poucos q sentam num banco pra beber
A rápa guarda 1 lugarzinho é so vc querer
Olho pra traz vejo os tombo q eu tomei
Mó Bosta, quem teve lado a lado e quem só virou as costas
Entre as frases, bares e varias etapas
Sei quem é quem, os mano e das mina fraca
RAM, bebo cana no estilo,
Pra frente eu vou, sem tremer, si tremer é frio
Entre o frio e a tempestade, sempre a provar
Altas doses de pinga e conhaque.
Pois Deus mi guarde, pois eu sei q ele não é neutro
Vigia os liso, mas ama os q andam bêbado
Eu fico bêbado por dentro e por fora
Encrenqueiro, poeta e o assunto toda hora é bola
Nessa historia de goró já perdi minha mo Nike
Falo pros mano q não bebam e não si embriaguem
No TIC TAC não enxergar nem + o ponteiro
Essa historia de goró já virou pesadelo
Desespero? RUMM é 1 elogio
Pra quem vive na pinga a paz, nunca existiu
1 caldo quente, os mano sua frio
Veio 1 bebo tomou 1 caldo, num agüento e caiu...
Bebo cana, bebo cana, bebo cana ...
Wisk, Metanou, musica, baralho, eu tbm
Num consegui fugir disso ae, e sou mas 1
Tomar 1 porre é massa, + prefiro contar
Uma historia real, vou contar a minha...
Queimei meu Filme...
Capotei com uma criança nos braços
Com 1 litro de conhaque e 1 maço de cigarro
Veja, qnd acordei estava deitado no chão
E a multidão mi olhando, sem nem uma compaixão
Ê cachaça misturada com Mel,
Quem é tão boa de tomar,
Q tomei quase 1 tonel.
Essa é brasileira, igual não tem no mundo
Marca registrada o xodó dos vagabundos
Luz, cana com limão, tomando ele vai,
O coitado ta bem embriagado seu pai.
Ei, senhor de engenho, eu sei bem quem vc é
Sozin vc não guenta, bebim vc não guenta em pé.
Vc disse q era bom, e as favelas ouviu,
+ tbm tem wisk, redbull, e goró de barril.
Admito, não foi bonito é, + tive q beber
Conhaque idéia, com Jurubeba, fiquei bem louco,
Embriagado eu to 1 pouco si to eu axo,
So q tem q, é na empalhada q eu me acabo.
Eu tomo ela de montão, de carnaval a carnaval
E qnd eu chego bebo em casa eu vou dormir La no quintal.
Problemas com cachaça eu tenho mil, mil fitas
Inacreditável e continuo na maldita.
No meio de vcs eu sou o incentivo
Só pq eu bebo cana? Cana não aperitivo!
Esse não é + seu Ó, sumiu
Roubei foi é seu copo, tomei vc nem viu.
+ é isso aquilo oq, vc nem bebia
Agora quer ser 1 bebo, RÁ q ironia!
Toma uma dose de conhaque, ae q ta oq vc diz
Sente ela queimando vai, tampa o nariz
ETA cana quem ti fez tão boa assim
O oq c deu, oq c faz, ó oq c fez por mim.
Eu recebi quite, quer dizer Pitt de esgoto a
Céu aberto e parede Mader it,
De embriagado eu não morri,
To firmão, bebo sim!!!
Vc não, vc não agüenta qnd o outro litro abrir.
Sou o bebo + 1 puro do gueto e bebo oba
Aquele louco q bebe até tombar
Aquele q vc odeia + nesse instante,
Q bebe varias de monte, e essa veio bem de longe.
É CANA, valeu Mãe, Bebo Cana Cana Cana Cana...

Ae na época q eu tava deitado La na calçada, La na sarjeta,
Onde vcs tavam, oq vcs deram por mim, oq vcs fizeram por mim?
Agora tah de olho na cachaça q eu tomo, ta de olho no meu litro?
Demoro eu quero é +, eu quero até sua fabrica, ae a cana fez ser
Oq eu sou, só pitu é de dose, e me embriaguei, e td família,
E td geração q ainda bebe, e td geração q já tomou, e td
Geração q vai tomar, dos anos 90 ao século XXI
Ae vc saia de 1 bêbado, + o bebado nunca sai de vc moro irmão,
Vc ta bebendo no buteco, o mundo inteiro quer beber com vc,
Sabe pq irmão? Pela sua origem, pela sua cor
Eu não consegui, eu não resisti, eu vivo o nego cana,
Eu sou o nego cana, eu sou fruto do nego cana,
Ae Dona branca, sem palavras a senhora é uma rainha,
+ ae si tiver q tomar da amarela, eu vou tomar de cabeça erguida,
Pq assim q é, renascendo da pinga, já tou com cirrose, e inchado meu pé.
Cachaceiro nato...
Alinhamento:
Corrigir letra
x

Conte para seus amigos as músicas que você curte

FECHAR

Playlist atualizada com sucesso!

Os programas existentes nesta playlist não podem ser salvos.

Apagar Todas
Comunicar erro

Sua senha é secreta. Nenhum funcionário do UOL está autorizado a solicitá-la.

© 1996-2013 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Hospedagem: UOL Host