Letras / letra F / FF / Amantes Ancestrais

Amantes Ancestrais
FF

Alinhamento:
Corrigir letra

Palavras ditas assim
Só revelam o que perdi,
Dessincronizam o meu coração.
As gotas que me caem das mãos
Só ganham vida e cor no chão,
Afastam a dor que há em mim
E reflectem-se em ti.
Finjo que não
Mas dou vida à solidão -
Eu troco o azul do céu por um sorriso teu.
Nada faz prever
O que o destino irá dizer.
Será que o teu amor perdoa um erro meu?
Só meu.
Nadei num rio de cetim,
Fiz do abismo o meu jardim,
Beijei as curvas de uma ilusão.
Vi calar a voz da razão
Fiz do silêncio o meu perdão
E aceitei desvendar outro véu,
Tirei o brilho do teu céu.
Finjo que não
Mas dou vida à solidão -
Eu troco o azul do céu por um sorriso teu.
Nada faz prever
O que o destino irá dizer.
Será que o teu amor perdoa um erro meu?
Só meu.
Se és (se és)
Com quem desejo adormecer,
O amor a ti devolvo,
Na solidão te espero.
Sou eu e tu,
Destinos em comum -
Poema musical.
Aconchegados no som
De profecias em tom
De um soneto astral.
Amantes ancestrais,
Amigos triunfais
Unidos por um dom.
Adónis sem igual,
A musa em flor-de-lis -
Um pleno divinal.
Refrão
(…)
Adónis sem igual,
A musa em flor-de-lis -
Um pleno divinal.
Alinhamento:
Corrigir letra

Conte para seus amigos as músicas que você curte

FECHAR

Playlist atualizada com sucesso!

Os programas existentes nesta playlist não podem ser salvos.

Apagar Todas
Comunicar erro

Sua senha é secreta. Nenhum funcionário do UOL está autorizado a solicitá-la.

© 1996-2013 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Hospedagem: UOL Host