Letras / letra F / FF / Amantes Ancestrais

Amantes Ancestrais
FF

x
Alinhamento:
Corrigir letra

Palavras ditas assim
Só revelam o que perdi,
Dessincronizam o meu coração.
As gotas que me caem das mãos
Só ganham vida e cor no chão,
Afastam a dor que há em mim
E reflectem-se em ti.
Finjo que não
Mas dou vida à solidão -
Eu troco o azul do céu por um sorriso teu.
Nada faz prever
O que o destino irá dizer.
Será que o teu amor perdoa um erro meu?
Só meu.
Nadei num rio de cetim,
Fiz do abismo o meu jardim,
Beijei as curvas de uma ilusão.
Vi calar a voz da razão
Fiz do silêncio o meu perdão
E aceitei desvendar outro véu,
Tirei o brilho do teu céu.
Finjo que não
Mas dou vida à solidão -
Eu troco o azul do céu por um sorriso teu.
Nada faz prever
O que o destino irá dizer.
Será que o teu amor perdoa um erro meu?
Só meu.
Se és (se és)
Com quem desejo adormecer,
O amor a ti devolvo,
Na solidão te espero.
Sou eu e tu,
Destinos em comum -
Poema musical.
Aconchegados no som
De profecias em tom
De um soneto astral.
Amantes ancestrais,
Amigos triunfais
Unidos por um dom.
Adónis sem igual,
A musa em flor-de-lis -
Um pleno divinal.
Refrão
(…)
Adónis sem igual,
A musa em flor-de-lis -
Um pleno divinal.
Alinhamento:
Corrigir letra
x

Conte para seus amigos as músicas que você curte

FECHAR

Playlist atualizada com sucesso!

Os programas existentes nesta playlist não podem ser salvos.

Apagar Todas
Comunicar erro

Sua senha é secreta. Nenhum funcionário do UOL está autorizado a solicitá-la.

© 1996-2013 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados. Hospedagem: UOL Host